A psicopedagoga chamou a família para conversar, e agora?